Coronel Tirocinado de Infantaria (Doutor)

Luís Fernando Machado Barroso

  •  barroso.lfm@ium.pt
  •  +35191027047 / Mil. Tel: 226047
  • Função / Cargo

    Coordenador da Área de Ensino das Crises e Conflitos Armados e Diretor do Curso de Doutoramento

    Departamento: Departamento de Estudos Pós-Graduados

    Investigador

    No Centro de Investigação do(a) Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL como Investigador Integrado

    No Centro de Investigação do(a) CIDIUM como Investigador Associado

    ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7243-9109

    Ciência Vitae ID: https://www.cienciavitae.pt/1E11-5701-4195

    Síntese Curricular

    O Coronel de Infantaria Luís Fernando Machado Barroso entrou para a Academia Militar em 1986 e terminou o curso de Infantaria em 1991, tendo ficado colocado na Escola Prática de Infantaria onde desempenhou as mais variadas funções de comando e de instrução, dos quais se destaca: instrutor de Tática e Operações de Infantaria ao Curso de Formação de Sargentos de Infantaria e ao Tirocínio para Oficial de Infantaria; instrutor de operações e de informações aos cursos de promoção a Capitão.

    Depois de terminar o Curso de Estado-Maior no Instituto de Altos Estudos Militares, desempenhou funções no Estado-Maior do Exército e no Instituto de Estudos Superiores Militares, onde foi professor de Tática, de Operações Militares e de Estratégia aos vários cursos ali ministrados.

    Depois de terminar o Curso de Promoção a Oficial General foi nomeado Coordenador da Área de Ensino do Estudo das Crises e dos Conflitos Armados no IUM, Pedrouços, Lisboa.

    No Joint Forces Command Brunssum, na Holanda, foi chefe da Collection Coordination and Intelligence Requirements Management Section, onde era responsável pela coordenação da obtenção de informações (Intelligence Collection Strategies) para a Área de Implementação Norte da NATO.

    Desempenhou as funções 2º Comandante do Regimento de Infantaria nº 1, em Beja, as funções de professor de Tática e Operações Militares e coordenador científico dos mestrados integrados dos cursos de Infantaria, Artilharia e Cavalaria.

    Foi comandante do Regimento de Apoio Militar de Emergência, em Abrantes.

    Além dos cursos de carreira, é qualificado com o Curso de Estado-Mayor de las Fuerzas Armadas de Espanha. É doutorado pelo ISCTE-IUL em História, Defesa e Relações Internacionais. Colabora com várias instituições de ensino superior e centros de investigação.

     Tem várias condecorações e prémios científicos.

    Artigos em publicações do IUM

    A Economia como Instrumento de Poder de Portugal na Estratégia para a África Austral (1951-1974)

    Na revista: Revista de Ciências Militares - Vol. II, N.º 1
     345 | 94
    As novas guerras: entre Sun Tzu e Clausewitz

    Na revista: Boletim do IESM n.º 13
     369 | 103
    A Primeira Guerra Mundial em Angola. O Ataque Alemão a Naulila. Preparar-se para uma Guerra e Combater Outra

    Na revista: Coleção Ares N.º 8 - Atas do Seminário "Portugal e as Campanhas de África: da imposição de soberania à Grande Guerra"
     309 | 101
    O Espaço como Fonte Estrutural do Poder

    Na revista: Boletim do IESM Nº 6
     290 | 107
    Aeromecanização: Desafio para a Transformação de Forças. O Caso do Equipamento

    Na revista: Boletim do IESM Nº 4
     285 | 105
    Guerra de Manobra: Plataforma para "Efects-Based Warfare"?

    Na revista: Boletim do IESM Nº 2
     252 | 106